Tudo que sua empresa precisa saber sobre recuperação de impostos

Compartilhe esta publicação:
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email

Ter uma empresa funcionando com um bom nível de gestão em um momento de crise como este que estamos vivendo não é uma tarefa simples. Dificuldades no gerenciamento, controle financeiro, planejamento e outras áreas podem acabar prejudicando o andamento do negócio. Nestes casos, alguns métodos financeiros, como a recuperação de impostos, podem ajudar. 

Com o auxílio de uma boa assessoria de contabilidade, esse recurso pode ser planejado e solicitado pela sua empresa. Nesse texto, você vai saber exatamente o que é a recuperação de impostos e como esse recurso funciona. Confira!

O que é recuperação de impostos?

A recuperação de impostos é uma ação realizada por empresas para recuperar o dinheiro pago em impostos cobrados pelo governo de maneira indevida. 

O contador verifica todos os impostos pagos pela empresa e faz um levantamento. Neste momento, o profissional tem uma noção melhor do montante arrecadado devida e indevidamente. 

Sendo assim, sempre que surgirem tributos que contradizem as regras de cobrança do governo, sua empresa pode realizar a recuperação de impostos. 

Atualmente, as empresas brasileiras precisam enfrentar diversos desafios, além de dificuldades na legislação e uma grande carga tributária. Por isso, existem iniciativas como a recuperação de impostos, que permitem que o empresário recupere parte do dinheiro recolhido, desde que ele esteja dentro dos pré-requisitos. Assim, as empresas podem se organizar financeiramente e economizar para contribuições no futuro

Como funciona a recuperação de impostos?

A recuperação de impostos pode ser feita em todo e qualquer imposto cobrado de maneira indevida. Os principais tributos são:

  • PIS (Programa de Integração Social) receita bruta e repique 
  • COFINS (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) 
  • ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) 
  • IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados)
  • ICMS-ST (ICMS-Substituição Tributária) 
  • IRPJ (Imposto de Renda Pessoa Jurídica) 
  • CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido) 
  • FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) multa de 10% em demissões sem justa causa 
  • INSS (Instituto Nacional da Seguridade Social) sobre verbas indenizatórias nos casos de demissão sem justa causa 
  • ICMS pago nas contas de energia elétrica 

Como já mencionamos acima, o primeiro passo para realizar a recuperação de impostos é fazer um levantamento de todos os tributos pagos pela empresa. Assim, é possível verificar quais impostos foram pagos indevidamente. 

Feito isso, é realizada a correção monetária e o reajuste de valor de acordo com a taxa básica de juros (Selic – Sistema Especial de Liquidação e Custódia). Por meio de uma medida judicial ou de um processo administrativo, a empresa está apta para fazer a recuperação de impostos. 

Este processo pode ser realizado de diversas formas, mas o mais importante é que você tenha a ajuda do Grupo R&NV Consultoria! Aqui, analisamos as necessidades dos nossos clientes e procuramos os melhores benefícios e incentivos fiscais e tributários de acordo com cada situação. 

Por que é importante fazer esse procedimento?

Este processo é importante para o seu negócio, pois pode trazer diversas vantagens para a sua empresa. Uma delas é que, ao levantar os tributos de maneira detalhada, você consegue identificar possíveis falhas que podem ser corrigidas. Assim, sua empresa reduz riscos de autuações e evita o pagamento de grandes multas com juros altos. 

Outro benefício mais conhecido é a redução da carga tributária. Com a recuperação de impostos, a empresa sabe como realizar adequadamente o pagamento de tributos, além de suas taxas e contribuições. 

Com isso, é possível diminuir os custos, aprimorar a saúde e a gestão financeira da empresa e começar a fazer investimentos para desenvolver ainda mais o seu negócio!

Viu como a recuperação de impostos pode ser um recurso financeiro importante para a sua empresa? Se ficou com alguma dúvida, é só entrar em contato!