Vantagens e desvantagens da sociedade limitada

Compartilhe esta publicação:
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email

A abertura de uma empresa pode ser um processo complicado, pois demanda diversas etapas e processos diferentes. Essas fases são fundamentais para que a organização tenha uma boa estrutura logo no início e tenha um planejamento de acordo com seus ideais de crescimento e desenvolvimento. 

Ao escolher seu tipo de empresa com cuidado e cautela, o empreendedor e seus sócios estão garantindo sua segurança e a do negócio. Por isso, nesse texto iremos explicar as características de uma sociedade limitada, assim como suas vantagens e desvantagens. 

O que é sociedade limitada?

As empresas de sociedade limitada são as mais comuns no Brasil. São identificadas pelo termo Ltda., que acompanha a razão social do negócio. 

Nesse caso, a participação na empresa é definida pelo capital investido pelos sócios. Além disso, as contas pessoais de cada um são separadas da conta da empresa, com responsabilidade limitada sobre ela. 

Sendo assim, dentro da sociedade limitada, qualquer investimento feito pelos sócios pode ser equivalente entre eles ou parcial, dependendo do percentual que cada um possui da empresa. Assim, o capital fica protegido em casos de falência, rompimento da sociedade ou dissolução do empreendimento. 

Desde 2011, às sociedades de responsabilidade limitada não precisam ter dois ou mais sócios dentro do seu contrato social. Dessa forma, elas podem ser abertas com apenas um empreendedor. Isso garante a separação de direitos e deveres de pessoas jurídicas e físicas. Nesse caso, a empresa deve ser aberta na modalidade Eireli. 

Quais são as vantagens da sociedade limitada?

  • Atuação integrada dos sócios: mesmo que seja formada por cotas individuais no capital social, todos os sócios devem atuar de maneira integrada e visando o desenvolvimento da empresa 
  • Remuneração equivalente ao investimento: devido a responsabilidade dos sócios ser limitada ao capital social, a remuneração de cada um deles é equivalente ao investimento realizado, tornando a distribuição de lucro mais simples 
  • Autonomia da empresa: a autonomia da empresa é preservada, pois os sócios não podem usar o dinheiro do negócio para pagar contas pessoais 
  • Negócio preservado: em casos de prejuízo, os sócios são proibidos de receber os lucros da empresa para garantir a estabilidade da empresa 
  • Possibilidade de exclusão de sócios: em casos de quebra de regras ou de contrato por um dos sócios, ele pode ser excluído da sociedade para evitar maiores problemas para o negócio 

Quais são as desvantagens da sociedade limitada?

  • Não existência de capital mínimo: não há exigência de capital mínimo para abrir uma sociedade limitada. Por isso, é necessário acordar essa questão entre os sócios para garantir verba suficiente para iniciar a operação
  • Não obrigatoriedade de conselho fiscal: não é necessário ter um conselho fiscal dentro da sociedade limitada, mas é uma ação recomendável dependendo do tamanho da empresa e do perfil dos sócios 
  • Sócio responde pelo capital total: ainda que cada sócio tenha sua responsabilidade limitada a sua contribuição no capital da empresa, todos respondem pelo capital total do negócio